Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Era escuro, muito escuro. Fundo, muito fundo. A luz não chegava ali. Era redondo e pequeno. Paredes de adobe ou tijolo de burro. Sentia os pés molhados e o corpo dorido. Muito dorido.
Sempre achara estes poços antigos um perigo. E a maior parte, como este, nem corda já tinham



publicado por joao moreira de sá às 17:45 | link do post | comentar

Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

Micro Cuts



CONTÉM CONTO MEU (já editado Comprar: AQUI
Ocultos Buracos

Promote Your Page Too

VAI CONTER CONTO MEU (pelo Natal, mas já podem clicar na imagem)



mais sobre mim
links
cuts recentes

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

arquivos
Twitter
Joao Moreira de Sa



subscrever feeds