Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

Por fim aprendera a fazer o nó de forma correcta. Passou-a sobre a viga de madeira, subiu para cima do banco e colocou-a à volta do pescoço. Pensou que ficaria bem um dramático fechar de olhos mas constatou que precisava olhar o banco para poder afastar, como fez, com um pontapé. O último som que ouviu foi um baque seco de algo a quebrar.
Deitado no chão do velho armazém olhou a corda partida. Afinal não era verdade que o algodão não engana.



publicado por joao moreira de sá às 11:55 | link do post | comentar

1 comentário:
De rodbispo a 28 de Outubro de 2010 às 13:36
Lindo:D
abraço!
rod


Comentar post

Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

Micro Cuts



CONTÉM CONTO MEU (já editado Comprar: AQUI
Ocultos Buracos

Promote Your Page Too

VAI CONTER CONTO MEU (pelo Natal, mas já podem clicar na imagem)



mais sobre mim
links
cuts recentes

#

#

#

#

#

#

#

#

#

Dias

arquivos
Twitter
Joao Moreira de Sa



subscrever feeds